DA BRISA À TORMENTA

Autora: Vera L. D. Firmino

Escrito aos 03 de julho de 2015.

DA BRISA À TORMENTA

Veio a brisa com suas asas mansas e um certo frescor.

Não me incomodou, afinal era apenas uma brisa.

Não me protegi, apenas notei a brisa.

Veio um ventinho leve,

Não protegi, não atentei para nada.

Afinal, era só um vento leve.

Embora levasse coisas leves,

Era bonito de ver.

Não me protegi, não fiz nada,

Afinal era apenas um vento passageiro.

O tempo passou e absorvido por minhas ocupações, só reclamei e fiz alarde, mas não

nem planejei nada.

Hoje veio a tempestade e levou muito e eu não havia me protegida e nem a ninguém,

Ela fez estragos que marcaram sua passagem.

Será que vamos nos proteger e agir antes que venha o furacão?

Afinal, será apenas um furacão…

Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição (art. 1º, p. único, da Constituição da República de 1988).

Explicando o parágrafo acima, temos que a expressão “todo poder emana do povo e em seu nome será exercido”, é a assertiva, consagrada por Jean-Jacque Rousseau, que define a SOBERANIA POPULAR e está inscrita nas diversas constituições democráticas, como no parágrafo único ao artigo 1º da nossa CF/88.

Já “A DEMOCRACIA é o governo do povo, pelo povo e para o povo” configura a conceituação e defesa regime expresso por Lincoln, diante da Guerra Civil Americana.

O inglês Locke é praticamente o pai do fundamento teórico da Independência dos EUA, que, por sua vez, foi o exemplo para a Revolução Francesa. Benjamin Franklin era fã dele. Locke disse “derrubar um governo tirânico não é um direito do povo, é um dever”.

Esse poema acima serve para refletirmos até quando iremos assistir passivamente aos mandos e desmandos de “administradores” e tecnocratas.

Anúncios

Publicado por

Rodrigo Santhiago Martins Bauer

Advogado, pós-graduado em Direito Tributário pela LFG, graduado em Direito pela PUC Campinas

  1. Muito bom artigo sobre da “Brisa a Tormenta” mostrando que temos que sair da zona de conforto e agir se quisermos mudar e melhorar alguma coisa.

    Curtir

Os comentários estão encerrados.