Nem o Coelhinho da Páscoa escapa do Fisco

Páscoa: tributos sobre ovos de chocolate chegam a 38% do preço final

12/04/2011, Fonte: Infomoney.com

 

Por: Jéssica Consulim Roccella

 

A carga tributária sobre os produtos mais procurados na Páscoa não sofreu alterações. Assim, os tributos sobre os ovos de chocolate continuam a representar mais de um terço do seu preço final.

De acordo com dados do IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário), a tributação no ovo de Páscoa manteve este ano os mesmos 38% do ano passado. Isso significa que, se uma pessoa gastar R$ 25 com o produto, R$ 9,50 irão para os cofres públicos.

O vinho é o produto que possui a maior tributação, de 54,73%, seguido pelo bacalhau (43,78%), que também é tradicional nessa época do ano.

As menores tributações são as do coelho de pelúcia (29,92%), fita para cesta e laço de fita (ambos com 34%) e os peixes em geral (34,48%).

Produtos mais tributados
Confira os produtos de Páscoa mais tributados na tabela abaixo:

Produto Tributação
Bacalhau 43,78%
Bombom 38%
Cartão 37,48%
Coelho de pelúcia 29,92%
Colomba pascal de chocolate 38,68%
Colomba pascal tradicional 36,02%
Fita para cesta 34%
Laço de fita 34%
Ovo de Páscoa 38%
Papel celofane 35,20%
Peixes em geral 34,48%
Vinho 54,73%
Fonte: IBPT
Anúncios

Publicado por

Rodrigo Santhiago Martins Bauer

Advogado, pós-graduado em Direito Tributário pela LFG, graduado em Direito pela PUC Campinas