Tributo à cidadania

Este site é muito bom como tutorial para quem deseja destinar parte do Imposto de Renda devido para os Conselhos dos Direitos da Criança e do Adolescente.
É um meio idôneo de manter o dinheiro do contribuinte na cidade, na qual reside, e acompanhá-lo para saber se é realmente aplicado em fins sociais destinados à criança e ao adolescente.

Abaixo segue explicação tirada do próprio site (www.tributoacidadania.org.br).

 
Podem ser destinados diretamente a programas sociais de amparo à criança e ao adolescente 6% do imposto de renda apurado anualmente pelas Pessoas Físicas e 1% do imposto de renda pago sobre o lucro real das Pessoas Jurídicas.

Trata-se de exercer um direito cidadão. Decidir pelo menos em relação a essa pequena parte, por uma aplicação de alcance efetivamente social para o imposto que a sociedade paga.

O Destino é a criança e o adolescente da sua cidade, região ou estado.

Os recursos devem ser depositados em contas bancárias controlados pelos Conselhos Municipais ou Estaduais dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Esses conselhos fazem o repasse para programas executados por Entidades Sociais Cadastradas.

O resultado você pode acompanhar de perto.

Fonte: http://www.tributoacidadania.org.br/

Anúncios

Publicado por

Rodrigo Santhiago Martins Bauer

Advogado, pós-graduado em Direito Tributário pela LFG, graduado em Direito pela PUC Campinas